Ciclo de vida das embalagens

As embalagens chegam-nos às mãos a envolver e proteger todo o tipo de produtos.
Raramente paramos para pensar no caminho que já percorreram ou na vida que ainda podem ter.
Espreita aqui uma parte desse ciclo e descobre onde é que entra a tua ajuda!

Extração de Recursos Naturais

As embalagens são feitas com recursos que o planeta nos dá.

Por exemplo:
- Uma das matérias-primas para a produção do plástico é o petróleo;
- Para fazer papel ou cartão, mistura-se aparas de madeira com água;
- As latas são feitas com o ferro ou alumínio de certas rochas;
- E para fazer o vidro é preciso areia.

Consumo - Reciclagem

Depois de usadas, as embalagens ainda servem para criar novas matérias-primas. Quando separamos as embalagens em casa e as colocamos no ecoponto, elas são recolhidas e transportadas para as centrais de triagem.

Centrais de Triagem

Na triagem, a separação dos materiais é mais rigorosa. É feita com a ajuda de operadores manuais e de sistemas mecânicos, como o íman gigante que atrai o aço. É eliminado tudo o que não interessa e as embalagens são agrupadas por “famílias”. Depois é tudo compactado em fardos para ocupar menos espaço e facilitar o transporte e entrega nas Estações de Reciclagem.

Estações de Reciclagem

Aqui, o vidro é picado, os metais são derretidos, o papel transformado em pasta e o plástico em granulado. Os metais saem em placas, o papel em bobinas e o plástico em paletes. E são estes os materiais que os produtores vão transformar em novos artigos, sem ter de gastar mais recursos naturais.

Sabias que as primeiras embalagens foram criadas pela natureza?
Por exemplo, a casca da laranja, do amendoim e da banana têm a importante função
de proteger e conservar o seu conteúdo.

  210 102 480
  210 102 499