23 de julho 2020

É tempo de piqueniques e a Recicla dá algumas sugestões para estenderem a toalha:

O verão e o calor pedem piqueniques. E nada melhor do que um almoço ou um lanche em contacto com a natureza para relaxar. Nestas férias tire um dia para fazer um almoço ao ar livre com a família.

E, nesta altura em que o distanciamento social continua a ser a regra n.º 1 em matéria de proteção, um piquenique é uma ótima solução para confraternizar sem confusões.

Deixamos-lhe algumas sugestões de locais onde pode estender a “mesa”:

  • Em Guimarães, o Monte da Penha garante-lhe uma vista panorâmica sobre a cidade. Uma vez na montanha, tem diversas atividades por onde escolher. Desde caminhadas, passeios de bicicleta, visitar o santuário, jogar minigolfe. Se estas atividades lhe aguçarem o apetite, pode sempre desfrutar da natureza enquanto faz um piquenique.
  • O Parque do Buçaquinho fica em Ovar e é lá também que pode procurar o melhor sítio para estender a toalha. Ao longo de cerca de 24 hectares de floresta protegida, há muito para descobrir: entretenha-se à escuta dos anfíbios que nelas habitam, tente identificar as espécies do jardim de plantas aromáticas ou instale-se no posto de observação da avifauna. Atividades não faltam, por isso prepare a lancheira para um dia repleto.
  • Na serra da Lousã, a Praia Fluvial da Nossa Senhora da Piedade proporciona-lhe simultaneamente um dia de piscina e de contacto com a natureza. Em plena aldeia de xisto, está equipada com as diversas infraestruturas que lhe atribuem a distinção de Bandeira Azul. O espaço, que conta com área de adultos, de crianças e de mergulhos para água, tem também um parque de merendas com mesas e sombras para que possa refugiar-se do sol à hora da refeição.
  • Para um piquenique mais citadino, considere o Jardim da Cordoaria. Também conhecido como Jardim de João Chagas, encontra-se no Campo dos Mártires da Pátria, no Porto. Aqui pode descontrair da agitação da cidade e encontrar a melhor sombra de uma árvore para pôr a mesa. Aproveite a vista sobre os lagos e aprecie as várias esculturas espalhadas pelo recinto.
  • E em Lisboa também não faltam opções. Deixamos duas: o Jardim José Gomes Ferreira, mais conhecido como “mata de Alvalade”, pode escolher entre petiscar deitado na relva ou sentado à volta de uma das mesas do parque de merendas; o Parque Florestal de Monsanto oferece uma mão cheia de recantos verdejantes para colocar a toalha.

Aproveite a paisagem e o dia em família. Mas não se esqueça: não deixe a sua marca na natureza. O mesmo é dizer que na hora de levantar a mesa se deve certificar de que não fica lixo para trás.

notícia anterior

No verão aumenta o risco de incêndios florestais. Fica a saber o que podes e não podes fazer para ajudar a prevenir os fogos.

próxima notícia

Vai de férias, mas não deixes a reciclagem para trás!

Copyright, Academia Ponto Verde