Net
26 de maio 2020

Passas muito tempo na net? Damos-te algumas dicas para o fazeres de forma mais sustentável.

Numa altura em que grande parte dos portugueses se encontra em casa, atividades como teletrabalho, telescola, compras online, séries ou jogos são motivos para passar muitas horas na internet, ou a utilizar gadgets, como o telemóvel, o tablet ou o computador. Mas sabia que estas ações também contribuem para o aumento das emissões de CO2?

Em 2018, as Tecnologias da Informação e Comunicação correspondiam a 5% a 9% do consumo de eletricidade global. No entanto, estudos apontam para um crescimento de até 20%, em 2030.

Para avaliar estas emissões é preciso considerar todos os processos associados à internet, que vão desde os servidores até ao consumidor final.

Feitas as contas, se num dia forem realizadas várias pesquisas e enviados dez emails de um megabyte, ao final de um mês isso transforma-se em cerca de nove quilos de CO2 emitidos.

A boa notícia é que existem várias medidas que devemos adotar para tornar o uso da internet mais eficiente e, assim, não aumentar demasiado a nossa pegada ecológica.

Comecemos pelos emails:

  • Opte por enviar hiperligações ao invés de anexos;
  • Se tal não for possível, procure enviar anexos com menor tamanho, reduzindo, por exemplo, a resolução das imagens;
  • Sempre que possa, apague o correio mais antigo, de que já não necessita, e anule subscrições de newsletters que deixaram de ter relevância.

E agora as pesquisas:

  • Se souber o endereço do site que procura, evite passar pelo motor de busca, inserindo a morada eletrónica diretamente;
  • Utilize ferramentas e atalhos para reduzir o número de páginas sugeridas e, assim, otimizar o tempo online.
  • Com os telemóveis e tablets, as regras são semelhantes: apague as aplicações de que já não utiliza e bloqueie as que estão a funcionar em segundo plano. Por fim, é essencial desligar todos os aparelhos quando já não estão a ser utilizados para que não continuem a consumir energia.

Mantenha-se em casa, mas seja sustentável.

notícia anterior

Obrigada por continuarem a reciclar!

próxima notícia

Sabes escolher bem as tuas embalagens?

Copyright, Academia Ponto Verde